Paço Alfândega sedia final do campeonato de e-Sports, League of Legends

O game League of Legends, desenvolvido pela empresa Riot Games, é um fenômeno mundial. Movimenta bilhões de dólares anuais e mais de 110 milhões de jogadores ativos por mês. De longe o maior fenômeno de eSports do mundo e também no Brasil.No próximo sábado (18), o Paço Alfândega receberá a final do campeonato. As duas equipes finalistas - Neo Llammas (Recife) e Wild Wolves (São Paulo) - irão participar da batalha presencial que acontecerá no lobby central do shopping.

 

 Lançado em 2009, o game, para adolescentes e jovens de 14 a 27 anos, se tornou rapidamente o maior jogo do gênero conhecido como Moba (arenas de batalhas multiplayer online). A audiência em uma transmissão ao vivo de uma final do mundial chegou a 43 milhões de espectadores únicos. Nos 15 dias de transmissão, o número chegou a bater 396 milhões (matéria completa:https://goo.gl/JIcNIr ). Para comparar, a MBA foi assistida por 30 milhões de pessoas. 

 

No Brasil, já são mais de cinco milhões de jogadores, de acordo com informações da própria desenvolvedora. As regiões Sul e Sudeste concentram os principais campeonatos do game. Agora, Recife irá sediar o maior campeonato do Norte e Nordeste de LOL, como o League of legends é chamado pelos jogadores. O PDLOL, Porto Digital League of Legends, está sendo organizado pela Noord Games, startup que acaba de ser criada com investimento de três empresas: a IKEWAI, que conta com os sócios Silvio Meira, Teco Sodré e Sergio Cavalcanti, e com os sócios do Grupo Duca, Queiroz Filho e Daniel Queiroz, e pela agência de publicidade AMPLA, com Manoel Cavalcanti e Henrique Pereira. A NOORD Games foi criada para a realização de eventos, campeonatos, ligas de jogadores, portais e comunidades ligados ao eSports, além do incentivo, e promoção de produtores de conteúdo ligados à games.

 

A realização do primeiro PDLOL, em 2017, reunindo todos os sócios da NOORD Games tem a parceria do Porto Digital e do Shopping Paço Alfândega onde vai ser realizar a final do evento. “Queremos construir um cenário de campeonatos de eSports e jogos digitais no Nordeste e em especial aqui no Recife, que já conta com um ecossistema maduro e forte de tecnologia e inovação”, afirma Gabriel Ladislau, influencer da Riot Games no Brasil, além de fazer parte do time da NOORD Games.

 

O campeonato será transmitido também ao vivo, como acontece em todos os campeonatos de LOL no mundo. A expectativa é que 100 equipes façam a inscrição. Já estão inscritas mais de cinquenta equipes. Cada time conta com cinco jogadores e mais dois reservas, além de um técnico e um analista. O vencedor irá levar para casa R$ 10.000,00. “A partir do PDLOL, Recife passa a ser um centro de campeonatos de e-Sports, assim como São Paulo e Curitiba”, afirma Silvio Meira, cientista-chefe do CESAR e sócio da IKEWAI, a rede de investidores e business designers baseada no Porto Digital.

 

Outra novidade é que já está confirmado para o PDLOL17 a presença de Kami, considerado, por especialistas e pelos fãs, o maior e melhor jogador de LOL do Brasil  que passará o dia inteiro no evento.  Também haverá um Desfile Cosplay valendo R$ 1.000,00, onde pessoas vão caracterizadas de personagens do jogo. São esperados mais de 1.500 pessoas acompanhando o evento presencialmente durante a final no sábado, dia 18 de março, que começará a partir das 10h no átrio do Shopping Paço Alfandega, no Recife Antigo, dentro da região do Porto Digital.

 

Kami é o codinome de Gabriel Santos Bohm, 21 anos, natural de Pelotas, RS, que atualmente mora em São Paulo com sua mãe, Sandra Bohm, sua incentivadora e que também estará presente no evento, onde foi convidada para ser madrinha do Desfile  Cosplay.